Blog

pai, mãe e bebe - família
É quase irresistível, e muito comum, que pais, tios e avós falem com as crianças de forma infantilizada. Esse tipo de comunicação coloca em risco o desenvolvimento da fala, apesar de ser feita sempre com a melhor das intenções! Isto porque ao utilizar palavras erradas, no diminutivo ou em linguagem infantilizada a criança pode assimilar a fala da maneira incorreta.

A partir dos cinco meses de idade os bebês começam a emitir alguns sons com a intenção de se comunicar, mas é por volta de um ano e meio que começa apresentar um vocabulário maior. Os pais não podem incentivar o filho a falar errado, ainda que achem bonitinho, é recomendado que sempre falem de forma correta. Lembre-se: é o modelo de fala do adulto que gera o padrão de fala da criança!

Para estimular o desenvolvimento da fala, o ideal é que a família mantenha uma boa comunicação desde o nascimento, contando tudo que estão fazendo juntos, conversando bastante com o bebê. Por exemplo, durante o banho, troca de roupa, refeições, nomeie as partes do corpo, comida, peças de roupa – sem usar palavras no diminutivo ou apelidos! Quando passearem, fale sobre o caminho, o lugar que estão, comente a situação. Isso vai mostrando ao bebê a importância da comunicação!

Outra dica relevante é cantar e ler para as crianças! Esse hábito promove o desenvolvimento da linguagem falada e, mais tarde, estimula o interesse pela linguagem escrita!

E quando a criança pronuncia uma palavra errada? Muitos pais corrigem as crianças, sendo que o ideal é que falem de maneira correta, dando sempre um modelo de linguagem, mas não a corrija. Quando os pais perceberem que a criança tem dificuldade para falar certas palavras, tente usá-las com mais frequência durante uma conversação espontânea com a criança, pois elas assimilam por repetição.

É importante estar ciente que as crianças passam por um aprendizado dos sons da língua intenso ao longo da sua primeira infância (até os 4 anos de idade) e, nessa fase de descoberta, podem acontecer muitas alterações na fala por ser o primeiro contato da criança com as palavras. Nesse período falar errado é comum, faz parte da infância, mas após essa idade a criança pode estar com problemas! Ao perceber que a criança está demorando a falar ou quando fala aparece uma quantidade grande de erros ou fala ininteligível, o mais indicado é procurar um especialista!

Referências:
Uniarara
Dourado News